Index

Serviços

Outsourcing de TI

  • Configura-se num conjunto de serviços que permite ao cliente se
    concentrar inteiramente em seu negócio, terceirizando, parcial ou
    integralmente, seu departamento de TI.

    Seguem algumas caracteristcas do serviço:
  • Infra-estrutura: servidores e redes sendo gerenciados totalmente
    pela Perlink ou mesmo o uso de servidores e
    hospedagem da Perlink
  • Sistemas: todas as atividades relacionadas às necessidades de software com o objetivo de contribuir ao máximo com o bom desempenho estratégico e operacional e da empresa – identificação de necessidades, mapeamento de processos, realização de estudos e especificações, desenvolvimento, implantação, integrações, manutenções corretivas e evolutivas, mentoring, terinamento, operação assistida, administração de banco de dados
  • Estabelecimento de padrões de funcionamento e atendimento (SLAs)
  • Níveis de terceirização:
    1. Alocação de recursos gerenciados pelo cliente – profissionais certificados e treinados nas mais diversas tecnologias e metodologias, selecionados mediante rigoroso processo
    2. Atendimento e Helpdesk níveis 1 e 2 - ITIL
    3. Equipe gerenciada – alocação de gerentes certificados nas mais diversas metodologias, treinados e comprometidos com suas metas
    4. Gestão das necessidades e priorizações – trabalho em parceria com pontos focais do cliente para, em conjunto, definir e operacionalizar as ações
    5. Operação e manutenção – todas as atividades necessárias à garantia de que a infra-estrutura e os sistemas funcionarão com nível de serviço compatível com as necessidades operacionais do cliente
  • Controle sobre os custos, possibilitando expansão ou redução da capacidade em função das necessidades
  • Otimização dos recursos evitando desperdícios e custos “escondidos”, muito comuns nos departamentos de TI
  • Controle sobre prazos e níveis de serviço, através de ferramentas específicas e de metas e indicadores definidos em função das necessidades de cada cliente
  • Redução de investimentos em TI, não somente em infra-estrutura, mas também por não haver necessidade de se formar nem manter profissionais capacitados nas diversas tecnologias do mercado

Fábrica de Projetos

O ser humano desenvolve projetos para transformar uma situação
problemática em uma situação desejada a partir de um conjunto de
ações que ele antevê como necessárias para executar a fim de
atingir essa nova situação.

Em função da complexidade crescente envolvendo a realização de
projetos, inúmeras metodologias vem sendo desenvolvidas e são
adotadas nos vários segmentos aonde são realizados projetos com
objetivos empresariais, acadêmicos, humanitários, etc.

A gestão dos recursos envolvidos, dos vários tipos de riscos, das expectativas e desempenho dos envolvidos, da documentação e das formalizações necessárias, dos procesos envolvidos, e da estratégia como um todo, são a chave para o sucesso do que se quer atingir.

A Perlink possui expertise de mais de 18 anos em gerência de projetos de software:

  • Dos mais simples aos com alto grau de complexidade
  • De pequeno médio ou grande porte
  • De diversos tipos, como desenvolvimento de sistemas, mapeamento de processos, integrações, migrações, etc
  • Equipe própria ou mista
  • Diversas metodologias como PMI, Scrum
  • Gerentes com larga experiência e várias certificações

O compromisso com o prazo e escopo acordados é uma das características mais fortes da Perlink.
A grande competência no gerenciamento de riscos, tem sido um dos principais fatores de sucesso dos projetos realizados pela Perlink, prevendo os possíveis problemas, e atuando preventivamente para garantir o sucesso do projeto.

A preocupação com a qualidade do que é entregue também é um dos destaques da Fábrica de Projetos da Perlink. Os projetos são geridos com ênfase no respeito aos padrões de qualidade da empresa, tanto em relação à engenharia (de software, quando for o caso), quando ao nível de serviço

Consultoria em TI

Nos últimos anos as organizações estão vivendo uma revolução
em termos de estrutura e da forma de gerir e administrar.

As novas tecnologias, o aperfeiçoamento dos processos internos,
e as novas necessidades dos negócios cada vez mais complexos
e globalizados, são o motor das mudanças e iniciativas nas
instituições.

As estruturas administrativas se transformaram em áreas de apoio,
voltadas a atender as necessidades internas.

Serviços como helpdesk de TI, contas a pagar, contabilidade gerencial, controles operacionais, viagens e despesas, manutenção de rede, comunicação interna, manutenção de aplicativos, operação de datacenters, compras, administração de material, e etc, agregados dentro de um conceito atualmente chamado de Centro de Serviços Compartilhados (CSC), são hoje uma nova forma de operar que se desenvolveu em função dessas mudanças.

Adequar-se a essa realidade é uma necessidade e isso implica conhecer como se está operando atualmente e como se deve passar a operar dentro desse quadro. Implica também conhecer as ferramentas operacionais existentes com seus prós e contras e a correta condução do processo de escolha.

Além disso, novas tecnologias surgem todo dia e manter equipe atualizada é cada vez mais difícil.
Dentro desse quadro, essas organizações necessitam de auxílio para dominar novos conceitos, para escolher e implementar novos procedimentos e ferramentas, ou simplesmente para ter acesso à novas tecnologias.

A Perlink atua desde 1992 prestando consultoria em várias áreas:

  • Arquitetura de sistemas – transferência de tecnologia, mentoring de equipe, pesquisa e desenvolvimento de soluções específicas
  • Mapeamento de processos – descrição dos processos atuais e proposta de visão futura alinhada com os objetivos do negócio ou da área
  • Banco de dados – verificação e avaliação do funcionamento e da performance
  • BI – estudo do processo de coleta, transformação, análise e distribuição das informações
  • Portais – definição da arquitetura, estrutura e política de informação, comunicação e conhecimento
  • Sistemas – auditoria, diagnóstico e solução de problemas, refacturing de código, consultoria evolutiva
  • Integração de sistemas – estudo, viabilidade e desenho da solução
  • Migração de dados - estudo, viabilidade e desenho da solução

Portais Corporativos

Portais Corporativos são a evolução dos sites e das
intranets/extranets.

Podem ser grandes websites institucionais voltados ao publico
externo e/ou interno de uma organização ou apenas uma aplicação
que agrega conteúdo, colaboração, serviços e aplicativos transacionais,
todos numa interface única.

Portais Corporativos deixaram a muito tempo de apenas divulgar informações
para passar a ser um ambiente de interação com os clientes e demais públicos
em torno das empresas.

Portais eficientes permitem um grande aumento da eficiência operacional ao oferecem informações e serviços, como por exemplo:

    1. Canais de comunicação, atendimento, relacionamento e vendas
    2. Informações e históricos de atendimento ou sobre qualquer área da empresa
    3. Enquetes e pesquisas de opinião internas e externas
    4. Registro de números de série e garantia de produtos
    5. Direcionamento de contatos a representantes
    6. Avaliações de desempenho e conteúdo motivacional
    7. Cotações de preços e chamadas a fornecedores
    8. Trabalho interativo e colaborativo independentemente da distância geográfica

Os portais desenvolvidos pela Perlink possuem as seguintes características:

  • Busca e Indexação - poderosos sistemas de busca e indexação de conteúdo. A navegação por busca está sendo cada vez mais utilizada e ferramentas de Portais Corporativos devem possuir robustos mecanismos de busca e indexação;
  • Integração de Sistemas - integração com demais aplicações é indispensável. Se não houver integração o portal jamais conseguirá ser a interface única dos usuários (internos e externos) de uma empresa;
  • Comunidades - perfis de acordo com necessidades, interesses e competências. As comunidades agrupam pessoas com afinidades para geração e troca de conteúdo e serviços de interresse comum;
  • Categorização - categorização do conteúdo e conhecimento, de preferência usando tags e conceitos de web.2.0. A categorização de conteúdo quando bem empregada facilita, agiliza e melhora a experiência do usuário;
  • Personalização - cada usuário é um usuário diferente e precisa receber informação de seu interesse apenas. Com essa premissa é que as ferramentas de Portais Corporativos devem oferecer mecanismos de personalização para que o conteúdo ideal seja entrega para o usuário, de acordo com seu interesse. A personalização pode ser passiva, quando o conteúdo é entregue de acordo com o perfil ou ativa quando o usuário define o que quer e o que não quer nas páginas de seu portal corporativo;
  • Colaboração - aplicações para colaboração ajudam colaborares de uma mesma companhia que nunca se encontraram pessoalmente e que trabalham em países distintos colaborar num mesmo projeto, trocando experiências e realizando atividades através de ferramentas on-line de colaboração;
  • Segurança - segurança para todas as aplicações e login único. Se um portal corporativo tem a missão de ser a interface única para todas as aplicações e websites de uma empresa, deve também garantir segurança, privacidade e oferecer recursos de login único (single sign-on); ou seja, o usuário possui um login no portal e o portal gerencia o acesso e autenticação desse usuário nas demais aplicações.
  • A Perlink desenvolve portais com a mesma preocupação em relação à qualidade que tem em desenvolvimento de sistemas sob medida (usabilidade, manutenabilidade, serviço e desempenho) utilizando diversas ferramentas como SharePoint, Lumis, e proprietária.

Desenvolvimento
de Software sob Medida

Todas as instituições, desde corporações a empresas de todos os
portes, até instituições de ensino ou organizações sem fins lucrativos,
possuem processos internos, que são nada mais do que a
“forma de fazer” com que conduzem suas atividades, ou o conjunto de
procedimentos internos para atingir um determinado fim.

A produtividade e o nível dos serviços prestados por essas organizações
depende do grau de acerto na automação desses procedimentos através de sistemas.

Muitos desses procedimentos ou processos, como se define em engenharia de software, estão em permanente evolução e mudança em função do desenvolvimento das atividades e dos movimentos naturais inerentes a essas instituições.

Em função da amplitude e da constância dessas mudanças o desenvolvimento de sistemas sob medida pode ser essencial para um bom grau de aderência e flexibilidade, atingindo assim um bom nível de automação dos processos internos.

A Perlink nasceu em 1992 já como uma empresa de desenvolvimento de sistemas sob medida e desde então aprimorou sua forma de atuar incorporando sempre os mais modernos conceitos de engenharia de software e avaliando a contribuição de cada um em relação ao custo-benefício para seus clientes.

Tem grande experiência em sistemas web e cliente/servidor nas mais modernas e diversas tecnologias do mercado, sendo seu processo de desenvolvimento adaptativo, ou seja, pode fazer entregas rápidas, faseadas ou completas, de acordo com a necessidade de cada cliente.

O desenvolvimento sob medida pode ser contratado como um projeto específico (usando a Fábrica de Projetos) ou como manutenção evolutiva de sistemas existentes. Os projetos realizados podem ser no modelo “cascata” (waterfall) ou por métodos ágeis (scrum).

Alguns pontos aonde a Perlink se destaca em desenvolvimento sob medida:

  • Arquitetura: grande capacidade de escolher, diante de todas as alternativas tecnológicas existentes atualmente e das várias formas de construir uma aplicação, a melhor opção em função das premissas levantadas junto ao cliente
  • Análise: talvez o ponto mais forte da empresa é a capacidade de analisar a situação apresentada e entender a fundo as necessidades, o ambiente, as premissas, os processos, e o escopo do que se está solicitando. Essa é a base necessária para se conseguir fazer sistemas sob medida com grande êxito e aonde normalmente as empresas mais falham
  • Documentação: a Perlink se preocupa prioritariamente com a qualidade dos documentos gerados durante o processo de desenvolvimento, sejam eles de uso interno ou utilizados pelo cliente, como referência ou para esclarecimento do que será realizado com detalhe e precisão
  • Qualidade: para a Perlink, qualidade tem um sentido amplo e se divide em quatro grandes esferas:

    1. código: a qualidade do código gerado no desenvolvimento é fator chave não só para a produtividade e para a redução do risco de erros e problemas, mas também para garantir a produtividade na manutenção dos sistemas. A Perlink possui padrões e processos internos que garantem a alta qualidade do código gerado
    2. usabilidade: um software bom, necessariamente tem que ser um software prático de ser usado. Independentemente da complexidade e do tamanho, concebê-lo pensando em quem irá usá-lo e na experiência positiva que venha a ter com o uso, é também resultado de uma boa análise e da escolha da arquitetura mais adequada. Os milhares de usuários dos sistemas feitos pela Perlink são testemulhas da preocupação que temos com esse item
    3. performance: ao ser projetado um software, deve-se ter em conta o perfil de uso e a infra-estrutura a ser utilizada. Já vimos sistemas muito bons ficarem muito lentos por não terem sido construídos levando-se em conta esses fatores. A Perlink se preocupa sempre em dimensionar no projeto e utilizar a arquitetura apropriada para evitar gastos desnecessários na construção, se o perfil não exigir, mas também não haverem surpresas desagradáveis em termos de performance ou custos adicionais com servidores e infra-estrutura não previstos.
    4. manutenibilidade: ao se desenvolver software sob encomenda, deve-se sempre ter em conta os possíveis cenários de evolução e necessidades de mudança. A facilidade de manutenção posterior é muitas vezes uma premissa importante a ser observada e a Perlink sempre se preocupa em ter em conta esse ponto, que quando é negligenciado pode gerar grandes prejuízos ao cliente
    5. Serviço: software sob medida não é desenvolvido e entregue numa caixa para o cliente utilizá-lo. A qualidade dos serviços oferecidos em conjunto é um dos fatores de sucesso. Atendimento, treinamento, manutenção corretiva, manutenção evolutiva, operação assistida, são alguns exemplos de serviços essenciais. A perlink possui equipe selecionada especificamente com a preocupação da qualidade dos serviços prestados. Possui também processos e padrões que facilitam o cumprimentos dos acordos de nível de serviço
    6. Desempenho: o emprego da arquitetura adequada e das práticas mais atuais de engenharia de software, possibilitam o desempenho e velocidade adequadas ao tipo e perfil de utilização que o sistema terá, assim como ao número de usuários simultâneos e transações realizadas. Sistemas construídos sem essa preocupação normalmente apresentam problemas de desempenho ou exigem investimentos em hardware desnecessariamente elevados para compensar essa falha da aplicação

Além da preocupação com a qualidade no projeto e concepção do software, a Perlink emprega as práticas mais modernas para a garantia da qualidade no processo de desenvolvimento como: testes de carga, stress, verificações pareadas e automatizadas, e processos de verificação, check-list e avaliação por pares.

Nossos clientes e usuários são testemunhas de todo esforço e do resultado desse trabalho.

Suporte a banco de dados

Para muitas empresas o foco do negócio não é tecnologia e o
esforço para gerenciar o ambiente muitas vezes é grande e de
custo elevado.

A Perlink apresenta uma proposta para auxiliar seus clientes a manter
sua atenção no negócio, melhorando a disponibilidade do seu
ambiente tecnológico com custo menor e acessível, inclusive para
pequenos negócios.

Com serviços de outsourcing ou com profissionais alocados, a Perlink passa a se
responsabilizar pela estabilidade da plataforma garantindo um nível de serviço adequado as expectativas de seus clientes, de acordo com suas necessidades e particularidades

Integração de Sistemas

Nos últimos anos observou-se um crescimento, sem precedentes,
do número de aplicações, sistemas, repositórios de informações
que coexistem dentro de uma corporação.

Por outro lado, intensificou-se o esforço de integração desses
diferentes ativos de sistemas e dados provocados pelos movimentos
de integração e racionalização dos processos de negócio, pelas
estratégias de relacionamento com clientes e pela necessidade de geração
de informações de apoio a tomadas de decisão.

É nesse cenário que as empresas se inserem hoje. A diversidade de sistemas e repositórios coexistindo nas empresa é enorme, indo de grandes pacotes comerciais a aplicações desenvolvidas sob-medida por diferentes empresas, com diferentes tecnologias (host-centric, cliente-servidor, n-tier, etc), em diferentes plataformas (mainframes, Unix, Windows, etc).

A Perlink possui grande experiência em consultoria e projetos envolvendo integrações diversas:

    1. Soa
    2. Reststful
    3. Wcf
    4. WebService
    5. .Net Remoting
    6. RMI
    7. Corba

Migrações

A Perlink possui expertise tanto em migrações de bases de dados,
quando em projetos de migração de plataformas.

Na primeira, um sistema irá substituir outro e os dados contidos no
mesmo são migrados da base de dados do sistema antigo para o
novo. Projetos desse tipo necessitam de um estudo minucioso e
detalhado para evitar falhas que comprometam o funcionamento do
sistema novo e que “estraguem” a base de dados migrada.

Na segunda, sistemas que foram desenvolvidos em plataformas ou linguagens que ficaram defasadas, seja porque não há mais suporte, seja porque os recursos das mesmas já estão limitados em relação às novas tecnologias, são migrados para plataformas mais modernas.

A migração de plataforma implica em reescrever o sistema, mantendo as premissas de negócios e transacionais, mas revendo a arquitetura, padrão visual, usabilidade e às vezes até o modelo de dados.

Business Inteligence

Business Intelligence (BI) ou Inteligência de Negócios é a capacidade
atividade de coletar informações de diversos repositórios e analisá-las
para desenvolver percepções e entendimentos capazes de melhorar
os processos internos e de tomada de decisões.

Pensando nisso, a Perlink desenvolveu uma área de negócios voltada
para soluções de BI e aposta no crescimento de vendas de produtos e
serviços a partir de suas alianças estratégicas que comportam SAP,
Microsoft, Oracle, IBM e recentemente Corda Technologies.

Uma solução de BI tem como objetivo fazer com que os dados de uma empresa se transformem em informações estratégicas para a tomada de decisões. Para isso, é necessário tornar o acesso às informações rápido, seguro e confiável.

O modelo de BI deve ser concebido e obedecer a maturidade de dados de cada empresa. Diante disso,obtem-se “camadas de informação” que atendem os grupos:

Estratégicos
Nesta camada de informação, os dashboards oferecem fácil acesso aos dados e ajudam às companhias a monitorarem a performance dos negócios. Com isto, otimiza-se a tomada de decisão através de indicadores de desempenho que monitoram o desempenho desejado, relações de causa-efeito, simulações e alertas.

Táticos
Onde encontram-se as análises históricas e os modelos analíticos necessários para consultar ranking de vendas, análise de forecasting e consultas ad hoc. Emprega-se modelos multidimensionais OLAP na maioria dos casos.

Operacionais
A partir de relatórios mais detalhados e dashboards operacionais que guiam a tomada de decisão a partir de dados latentes, pode-se acompanhar as transações diárias, o desempenho de áreas de atendimento ao cliente, a produção, emissão de notas fiscais dentre outros cenários.